• Fernanda Bahia

WSL cancela eventos de 2020 e anuncia novidades para o CT 2021


O anúncio feito nessa sexta-feira, 17 de julho, pelas redes sociais e no site da WSL (com um vídeo), cancela oficialmente os eventos de 2020. Para 2021, um novo calendário já foi lançado, com algumas novidades que já haviam sido prometidas pela organização. No surf feminino, a maior delas é a volta das mulheres para o Taiti.


O anúncio, no que diz respeito ao circuito feminino, aponta para mais uma conquista: o mesmo número de etapas para todos. E as mulheres poderão surfar Teahupo'o ao lado dos homens, algo que não acontecia desde 2006. Tatiana Weston-Webb, que representa o Brasil no tour, afirmou:

“Trabalhamos extensivamente em colaboração com a equipe de Tours e Competition da WSL nessas novas mudanças e estamos muito empolgados com as novas atualizações no formato”

Além disso, World Championship Tour e o World Qualifying Series de 2020 estão oficialmente cancelados. O tour mundial, que não chegou a ter nenhum evento do CT e apenas alguns do QS, não vai consagrar um campeão, devido a pandemia do COVID-19. Segundo o CEO da WSL, a decisão foi tomada pensando na saúde e segurança de todos envolvidos no tour, bem como das comunidades locais de onde são realizados os eventos.


Ainda assim, os fãs do esporte podem ter um gostinho do surf esse ano. O novo formato anunciado pela liga mundial coloca a primeira etapa do circuito de 2021 em novembro e dezembro de 2020. O campeonato começa no Hawaii, em Maui para o Women's CT, em novembro, e Oahu para o Men's CT, em dezembro. No entanto, isso ainda depende da aprovação do estado do Hawaii.

Além disso, 2020 também contará com eventos em formatos especiais, como uma contagem regressiva para o que a WSL está chamando de "nova era". O "WSL Countdown" será realizado nos EUA, Austrália, Portugal e França, com os maiores surfistas do mundo, em um formato de "exibição", mais do que competição.


O primeiro WSL Countdown acontece no Surf Ranch do Kelly Slater, em agosto. Na Austrália, o Australian Grand Slam será nos meses de setembro e outubro, na Gold Coast e em Margaret River. E no final de setembro e início de outubro, Portugal e França sediam o Euro Surf Cup.


A final do campeonato também conta com novidades. Depois de uma competição emocionante entre Ítalo Ferreira e Gabriel Medina para a decisão do campeão mundial de 2019, parece que teremos a chance de assistir finais assim, daqui para frente.


A WSL implementou, para o próximo CT, o que eles chamam de "The WSL Finals", onde a final será decidida em um único dia, entre os cinco melhores surfistas do feminino e do masculino, em um formato face off, ou mata-mata. O "The WSL Finals" irá acontecer em Setembro.


O World Qualifying Series e o Challenge Series também passaram por mudanças. A partir do próximo ano, as temporadas para os dois circuitos serão separadas. O QS será de janeiro até o final de junho, enquanto o CS acontece de agosto a dezembro. Dessa maneira, a temporada do QS determina quem será classificado para competir o Challenger. Quanto às etapas do QS de 2020 que aconteceram, os pontos serão computados no circuito de 2021.


Confira o calendário do CT 2021, com as datas e lugares das competições


Para saber mais sobre as mudanças anunciadas, a WSL publicou um vídeo explicando todas as novidades.

  • Instagram - White Circle
  • Facebook - Círculo Branco
  • Pinterest - Círculo Branco

Contato

COPYRIGHT © 2019, PORTAL MANASURF . TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.