• Fernanda Bahia

Última etapa do Challenger Series começa amanhã em Haleiwa, no Hawaii

As brasileiras Silvana Lima, Summer Macedo e Tati Weston-Webb representam o Brasil no Haleiwa Challenger, última etapa do Challenger Series 2021. Tati já está classificada para o CT 2022, terminando a última temporada em segundo lugar. Silvana e Summer não têm mais chances de se classificarem para o ano que vem.

Haleiwa Challenger
Haleiwa Challenger | Imagem: Divulgação/WSL

A última etapa do Challenger Series vai acontecer em Haleiwa, no Hawaii, e a janela abre nesta sexta-feira, 26 de novembro, e vai até o dia 7 de dezembro. O evento vai decidir os atletas que, no ano que vem, estreiam ou retornam ao Championship Tour. E as disputas estão acirradas para o top6 que garante a vaga no tour mundial.


Três atletas já estão certas na próxima temporada: Brisa Hennessy, que correu o tour de 2021 mas não garantiu sua vaga pelo ranking do CT; e as rookies Gabriela Bryan e Caitlin Simmers. Algumas atletas disputam as outras três vagas, como a veterana Coco Ho, que ficou de fora do tour em 2021, e a havaiana, filha de brasileiros, Luana Silva.

Coco Ho no MEO Pro Portugal
Coco Ho no MEO Pro Portugal | Foto: WSL/Poullenot

O Brasil está 7h a frente do Hawaii, então se a primeira chamada for às 7h da manhã lá, no Brasil serão 14h. A etapa será transmitida ao vivo pelo app e site da WSL. Segundo a previsão, o primeiro dia já pode ser de ação na praia de Haleiwa.