• Fernanda Bahia

WSL Finals: o que esperar do evento inédito que irá definir os campeões mundiais de 2021?

A etapa mais esperada - ou no mínimo a mais polêmica - da temporada de 2021 do Championship Tour está aí: o Rip Curl WSL Finals. A janela do evento inédito que irá definir os campeões mundiais, feminino e masculino, desse ano, em Lower Trestles na Califórnia começa nessa quinta-feira, 9 de setembro, e tem até sexta-feira, dia 17 para acontecer.

Troféus do Campeonato Mundial 2021
Troféus do Campeonato Mundial 2021 | Foto: WSL

O novo formato promete muitas emoções na decisão do CT de 2021, parecido com a disputa pelo troféu em Pipeline, em 2019, entre os brasileiros Ítalo Ferreira e Gabriel Medina, onde Ítalo garantiu o seu primeiro campeonato mundial. O cenário evita o que já aconteceu, de o campeonato mundial ser definido antes mesmo do final da última etapa.

Eis o que você precisa saber para entender o evento:

Local

Lower Trestles Lineup
Lower Trestles Lineup | Foto: WSL

Rip Curl WSL Finals vai acontecer em Lower Trestles, na Califórnia. O pico já foi palco de outras etapas do CT, a última em 2017, quando o Brasil fez uma dobradinha com Silvana Lima e Filipe Toledo campeões.


As ondas de Trestles rendem boas manobras aéreas e chamam atenção por sua consistência. A qualidade da onda é tanta, que a margem de erro em relação a previsões é muito baixa. O pico, inclusive, só foi substituído em 2018 porque em seu lugar entrou a etapa da piscina de ondas do Kelly Slater, o Surf Ranch.


Previsão

A previsão para Lower Trestles é de um swell com muita consistência a partir do dia 11 de setembro, podendo entrar um ainda melhor entre os dias 13 e 15.


Competidores

O evento conta com o top5 feminino e o top5 masculino do ranking de 2021, e quatro brasileiros estão entre os 10 competidores pelo título de campeão mundial. Nessa etapa, os competidores recebem uma jersey exclusiva, feita para o evento, com artes que remetem a natureza de Trestles, e produzidas por um artista local.

Jerseys personalizadas do Top 5 Feminino e Masculino
Jerseys personalizadas do Top5 feminino e masculino | Foto: WSL

Confira o top5 no feminino:

5º lugar: Johanne Defay (FRA)

4º lugar: Stephanie Gilmore (AUS)

3º lugar: Sally Ftizgibbons (AUS)

2º lugar: Tati Weston-Webb (BRA)

1º lugar: Carissa Moore (HAW)


Carissa, líder do ranking, defende o segundo campeonato seguido e é tetracampeã mundial, enquanto Stephanie compete pelo seu oitavo título. Sally, Johanne e Tati nunca ganharam um campeonato, e caso Tati ou Johanne sejam campeãs, será o primeiro título feminino para seus países.


Top5 masculino:

5º lugar: Morgan Cibilic (AUS)

4º lugar: Conner Coffin (EUA)

3º lugar: Filipe Toledo (BRA)

2º lugar: Ítalo Ferreira (BRA)

1º lugar: Gabriel Medina (BRA)


No masculino, o Brasil tem chance de um pentacampeonato. Ítalo Ferreira compete por um bicampeonato em temporadas consecutivas, depois de ter sido campeão em 2019, contra Gabriel Medina. O líder do ranking, por sua vez, corre pelo tricampeonato. E caso Filipe Toledo leve a melhor, será seu primeiro título mundial.


Baterias

Serão quatro baterias no masculino e quatro no feminino, onde o vencedor de cada confronto avança para a bateria seguinte. A ordem é definida pelo posicionamento de cada surfista no ranking da temporada.


O novo formato será realizado em um único dia de competições, com as meninas indo para a água na primeira bateria e revezando com os homens as baterias seguintes até o fim do dia.


No Finals Day 2021, as baterias do feminino serão:

E no masculino:

Trestles está 4h atrás do Brasil. Caso a primeira chamada aconteça já nessa quinta-feira, será cerca das 11h no horário de Brasília. A WSL vai transmitir o evento ao vivo no seu site e aplicativo. E aqui no Mana estaremos atentas ao evento, para contar tudo no nosso Instagram.