• Fernanda Bahia

Tati Weston-Webb é vice-campeã mundial e Carissa Moore leva o pentacampeonato no CT 2021

O Finals Day 2021 da WSL rolou nessa terça-feira, 14 de setembro, e a surfista havaiana garantiu o seu quinto título mundial, ao lado da brasileira Tatiana Weston-Webb, vice-campeã do Championship Tour 2021. No masculino, Gabriel Medina foi tricampeão e Filipe Toledo ficou em segundo lugar.

Carissa Moore e Gabriel Medina campeões mundiais 2021
Carissa Moore e Gabriel Medina campeões mundiais 2021 | Foto: © WSL / Nolan

O evento inédito, que aconteceu em Lower Trestles, no sul da Califórnia, decidiu em um dia os campeões mundiais dessa temporada. O confronto final do feminino foi entre as duas primeiras do ranking, e o resultado foi o mesmo: Tati em segundo e Carissa em primeiro. No masculino, Filipe, que estava em terceiro, eliminou Ítalo Ferreira e garantiu seu lugar na final contra o líder, Gabriel Medina.


O evento começou com o confronto entre Johanne Defay e Stephanie Gilmore. A francesa levou a melhor contra a heptacampeã mundial, que teve dificuldade de se encontrar e perdeu boas direitas.


Johanne avançou para surfar contra outra australiana, Sally Fitzgibbons, e dessa vez a Austrália saiu campeã. As duas já haviam se enfrentado nove vezes, Sally venceu oito e dessa vez não foi diferente. Na bateria seguinte, Sally e Tati se enfrentaram. A brasileira usou seu backside nas ondas de Trestles, em uma bateria acirrada, garantindo sua vaga na final contra Carissa.

Tati Weston-Webb em Trestles
Tati Weston-Webb em Trestles | Foto: © WSL / Nolan

Nas baterias finais, levou a melhor na primeira bateria, em uma melhor de três. Na segunda, a havaiana venceu com duas notas altas e estendeu o confronto para uma terceira, e última, bateria no dia. A bateria final começou com as duas garantindo boas notas, um 8 de Carissa e um 8.03 de Tati, mas a líder do ranking acabou levando uma segunda onda que a vice não conseguiu bater.


Carissa garantiu o pentacampeonato, e agora está atrás apenas de Steph Gilmore e Laney Beachley em números de títulos mundiais - as duas são heptacampeãs. Já o vice-campeonato de Tati é um feito batido por apenas outras duas surfistas brasileiras: Silvana Lima, vice-campeã em 2008 e 2009, e Jacqueline Silva, em 2002.