• Raiane Cardoso

Maui Pro: ataque de tubarão causa adiamento das finais da etapa do CT feminino

A Liga Mundial de Surf (WSL) anunciou nessa quarta-feira, 9 de dezembro, a mudança do local das finais da primeira etapa do Circuito Mundial de Surf Feminino, o Maui Pro by ROXY. Na manhã de terça-feira, antes do início do evento, um surfista sofreu um ataque de tubarão em Honolua Bay, Hawaii, o mesmo pico de surf onde o evento estava sendo realizado. A competição está em espera por tempo indeterminado, e ainda é necessário decidir onde vai acontecer.


A vítima foi um homem adulto, que sofreu uma mordida de tubarão. O incidente aconteceu por volta das 7h45 da manhã no horário local, 14h45 no horário de Brasília, pouco mais de duas horas antes do horário que estava marcado para as finais do Maui Pro acontecerem, às 10h no horário do Hawaii e 17h aqui no Brasil. O falecimento da vítima foi confirmado pela WSL em suas redes sociais, na manhã desta quinta-feira, 10 de dezembro, dois dias depois do incidente.


Equipes contratadas pela WSL para garantir a segurança das surfistas na água já estavam no local e rapidamente socorreram o surfista, que foi levado ao Maui Memorial Medical Center. Erik Logan, o CEO da WSL, foi quem fez o anúncio e afirmou que a Liga está trabalhando com as autoridades locais. O Maui Pro está em espera por tempo indeterminado, até um novo aviso da Liga.


Ficou faltando a bateria entre Tatiana Weston-Webb e Sage Erickson, que não aconteceu por causa da falta de luminosidade no local. Tyler Wright avançou para as semi-finais e enfrentará Sally Fitzgibbons. A atual campeã mundial Carissa Moore também já está na final, esperando a decisão da bateria entre Tati e Sage.

A surfista brasileira Tatiana Weston-Webb no circuito mundial de surf feminino da WSL.
Tatiana Weston-Webb no Maui Pro by ROXY. Foto: WSL

Tati, a única representante do Brasil no evento, foi um destaque na competição, com o segundo maior somatório do evento até agora e um surf determinado.


Tyler Wright foi quem desbancou a pontuação da brasileira, conquistando uma nota 10 contra Stephanie Gilmore em uma bateria que eliminou a maior campeã do Maui Pro.


O ManaSurf vai atualizar o Instagram com mais notícias da WSL e do evento.


*Matéria atualizada as 11h05 de quinta-feira, 10 de dezembro.