• Fernanda Bahia

Mais mudanças no calendário do Championship Tour da WSL

Mais uma vez na temporada de 2021 do tour mundial da World Surf League, o calendário sofreu mudanças. A pandemia causada pelo coronavirus continua obrigando a Liga a adiar e alterar os locais da competição, a fim de se adaptar aos países onde a doença já está mais controlada.

As novidades foram anunciadas no sábado, 10 de abril, e uma delas afeta a etapa brasileira do tour. O Oi Rio Pro, que acontece em Saquarema, no estado do Rio de Janeiro, foi adiado para agosto, na janela entre os dias 11 e 16. O evento seria o primeiro após o braço australiano do tour, mas a sexta etapa do tour será no Surf Ranch, a piscina de ondas do Kelly Slater.


Na Austrália, ainda acontecem três etapas. A primeira já rolou, em Newcastle, New South Wales, e teve como campeões Carissa Moore e Ítalo Ferreira. O mundial segue agora para Narrabeen, a partir do dia 16 de abril. Depois vai para Margaret River, entre os dias 2 e 12 de maio, e finaliza em Rottnest Island, entre 16 e 26 de maio.

Barra de La Cruz, México
Barra de La Cruz, México | Foto: WSL / Rowland

Entre a etapa da piscina e o evento brasileiro, a WSL anunciou a volta do CT ao México, depois de 15 anos fora do calendário. A sétima etapa do tour acontece em Barra de La Cruz, entre os dias 5 e 15 de julho. Depois do Brasil o campeonato segue para o Tahiti, para a etapa de Teahupo'o, entre 22 de agosto e primeiro de setembro. Por fim, Trestles vai sediar o Rip Curl WSL Finals, novidade do CT 2021.