• Fernanda Bahia

O ano de lançamento do Portal ManaSurf sem nenhum campeonato

Como fazer a cobertura de um esporte, se em um ano não acontecerem competições?


Oi Rio Pro | Foto: Fernanda Bahia

O ano de 2020 prometia ser um prato cheio para os amantes do surf, com a primeira vez do esporte nas Olimpíadas, Chloe Calmon atrás do seu campeonato mundial, mais um ano de Tati Weston Webb representando o Brasil no CT, Michaela Fregonese concorrendo ao 2020 Big Wave Award, premiações em dinheiro iguais para homens e mulheres.


Mas aí veio a Covid-19. E a gente também não aguenta mais ouvir falar dele. Mas fato é que ele veio, e atrapalhou o mundo de formas inimagináveis. Inclusive cancelando alguns dos maiores eventos de esportes do mundo, como as Olimpíadas. E grande parte dos eventos da WSL. Até agora não houve nenhuma das etapas do Championship Tour. Algumas das Qualifying Series chegaram a acontecer. Por hora, todos os eventos estão on hold. A expectativa é que, de fato, eles não aconteçam esse ano.


Algumas questões foram conversadas e pensadas no cenário do surf para compreender se seria sensato o retorno do CT esse ano. Em uma live realizada pelo Canal Surf Storm, alguns jornalistas do esporte falaram sobre a questão.


Para Klaus Kaiser, jornalista da WSL, se os eventos voltarem ainda esse ano, serão poucas etapas no final do ano. Diante disso, Marcelo Blackkat, do Surf100Comentários, questionou se quatro ou cinco etapas seriam o bastante para definir um campeão mundial. E Pedro Brasil, da P3Meio ainda levantou a proibição do surf em algumas praias do mundo e outras não. Como treinar durante o ano com praias fechadas? Seria justo uma competição depois de um ano sem treinamento para uns e para outros não? Para Bruno Bocayuva, a maior chance de uma etapa mundial acontecer seria no Surf Ranch do surfista Kelly Slater.



Então, e agora? Como fazer a cobertura de um esporte, se em um ano não acontecerem competições? Sobre o que falar, se a nossa proposta é cobrir o surf feminino? Ainda há notícias? Sim. Tantas quanto esperávamos? Nem de perto. Mas então, o que fazer? Como prosseguir? Como produzir conteúdo sobre surf no meio de uma pandemia? E por que produzir conteúdo sobre surf no meio de uma pandemia?


Estamos aqui nos perguntando isso. O ManaSurf mudou. Está mudando. Estamos repensando, pouco a pouco, como falar sobre o surf feminino com vocês. Apesar de tudo o que estamos enfrentando, nosso crescimento é perceptível. E isso nos motiva a continuar falando e produzindo, de forma responsável, para levar para vocês o surf que, no momento, nem todas estão praticando.

  • Instagram - White Circle
  • Facebook - Círculo Branco
  • Pinterest - Círculo Branco

Contato

COPYRIGHT © 2019, PORTAL MANASURF . TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.