• Fernanda Bahia

Carissa Moore campeã do Rip Curl Newcastle Cup e nova líder do ranking

O Rip Curl Newcastle Cup terminou na Austrália, com a havaiana Carissa Moore campeã da etapa. A surfista foi o grande destaque, com um aéreo que garantiu a maior pontuação do evento, um 9.9 dos jurados.

No masculino, o campeão foi o brasileiro Ítalo Ferreira, que fez final contra o bicampeão mundial Gabriel Medina. Com a vitória, tanto Ítalo quanto Carissa assumiram a liderança no ranking do CT e surfam com a yellow jersey na etapa de Narrasbeen.

Carissa Moore e Italo Ferreira, campeões do Rip Curl Newcastle Cup
Carissa Moore e Italo Ferreira, campeões do Rip Curl Newcastle Cup | Foto: © WSL / Dunbar

Medina chegou a assumir a liderança durante a etapa, e antes dele o líder era John John Florence. No feminino, quem começou a etapa de Newcastle com a lycra amarela foi Tyler Wright, que foi eliminada no começo da etapa.


A vitória na etapa garantiu para Moore o empate no recorde de mais vitórias no CT: 24, o mesmo de Wendy Botha. A tetra campeã mundial foi a única veterana que avançou bem durante a etapa, já que nas oitavas de final três das cinco surfistas do topo do ranking foram eliminadas: Tyler Wright, Tati Weston-Webb, Lakey Peterson e Sally Fitzgibbons. Apenas Carissa Moore e Stephanie Gilmore avançaram para as quartas.

Isabella Nichols
Isabella Nichols | Foto: © WSL / Miers

Já as rookies avançaram com tranquilidade pelas baterias. A bandeira australiana fez presença até o final, com a estreante Isabella Nichols fazendo sua segunda aparição e garantindo o segundo lugar. Isabella está agora em terceiro no ranking.


A próxima parada do CT é em Narrabeen, New South Wales, e a janela abre no dia 16 de abril. O braço australiano do tour ainda tem outras duas paradas: Margaret River e Rottnest Island. Depois os surfistas seguiriam para o Brasil, mas ontem a WSL anunciou mudanças no calendário de 2021.